Imprimir

Fundação João Pinheiro lança livro sobre a história das estatísticas em Minas Gerais

Data de publicação .

Resgatar a trajetória da produção de estatísticas em Minas Gerais. Esta é a proposta do livro Minas de Números: Políticas Públicas de Estatística em Minas Gerais - Perspectivas Históricas e Catálogo de Fontes 1890 - 2002, que será lançado pela Fundação João Pinheiro - FJP nesta quarta-feira, 21 de agosto, às 19h15, durante evento promovido pelo 18º Seminário de Diamantina. 

Resultado de um rigoroso trabalho de pesquisa iniciado em 2015, a obra é a 44ª publicação do programa editorial Coleção Mineiriana. Lançada pela FJP em 1993, a coleção é composta por livros clássicos raros, textos inéditos e coletâneas críticas de fontes. Seu objetivo é disponibilizar para a comunidade de pesquisadores, estudantes e público em geral acervos e documentos essenciais para aumentar o conhecimento e preservar a memória sobre o estado e o país.   

Minas de Números - Com uma abordagem histórica das políticas públicas responsáveis pela geração de estatísticas em Minas Gerais desde o final do século XIX até o início do século XXI, o livro é uma obra de referência de inestimável valor para o desenvolvimento de novos trabalhos científicos sobre o tema. Ao traçar o desenho do percurso dessas políticas, a publicação permite, ainda, uma avaliação crítica dos dados produzidos ao longo do tempo, oferecendo ao leitor um repertório sistematizado dessa produção documental. 

Com foco nas instituições de estatística oficiais do Estado, na legislação pertinente, no contexto político, nos interesses socioeconômicos e nos atores sociais, o livro é estruturado em três partes. A primeira delas, Uma história das estatísticas públicas em Minas Gerais, apresenta uma narrativa histórica sobre a trajetória das políticas públicas de estatística no estado no período entre a proclamação da República, em 1889, e o ano de 2002. Na segunda parte, Abordagens em perspectiva histórica das políticas estatísticas em Minas Gerais, o leitor é apresentado a um conjunto de ensaios críticos elaborados por especialistas. Fechando a obra, a terceira parte, denominada Instrumentos de pesquisa para outras histórias das estatísticas públicas em Minas Gerais, traz um catálogo de fontes documentais. De forma complementar, a obra apresenta ainda uma seleção de documentos iconográficos e cartográficos. 

Histórias cruzadas - A partir da década de 1970, Minas Gerais passou por um amplo processo de modernização da administração pública. Nesse período, a Fundação João Pinheiro, que acabava de ser criada, colocou-se como um dos atores centrais do planejamento governamental para o desenvolvimento socioeconômico do estado. Com essa atribuição, a instituição passou a gerar as estatísticas oficiais de Minas Gerais e, por consequência, é também uma das protagonistas da história resgatada no livro. 

Parcerias - O livro Minas de Números: Políticas Públicas de Estatística em Minas Gerais - Perspectivas Históricas e Catálogo de Fontes 1890 - 2002 foi produzido com recursos do BDMG Cultural e teve como apoiadores o Arquivo Público Mineiro, a Delegacia Regional de IBGE em Minas Gerais e a Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. 

 

 

Evento de lançamento de publicações | 18º Seminário de Diamantina

 

Lançamento FJP: Minas de Números: Políticas Públicas de Estatística em Minas Gerais - Perspectivas Históricas e Catálogo de Fontes 1890 - 2002

 

21 de agosto | 19h15

 

Diamantina | MG

 

 

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  | www.fjp.mg.gov.br

Informações para a imprensa: (31) 3448-9561 | 3448-9588

--------