Imprimir

Fundação João Pinheiro realiza Colóquio Devolutivo do Seminário do Plano Estadual da Economia Criativa de Minas Gerais

Data de publicação .

Apresentar o relatório técnico-científico da Economia Criativa de Minas Gerais aos profissionais dos diversos segmentos que participaram do Seminário promovido pela Fundação João Pinheiro (FJP) em novembro de 2016. Este é o objetivo principal do Colóquio Devolutivo do Seminário do Plano Estadual da Economia Criativa de Minas Gerais, marcado para o próximo dia 24 de abril, às 18h, no auditório do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais - BDMG (Rua da Bahia, 1.600 - Lourdes). 

Aberto ao p√ļblico mediante inscri√ß√£o pr√©via, por meio do endere√ßo http://www.fjp.mg.gov.br/index.php/coloquio-devolutivo, o evento √© uma iniciativa da FJP, em parceria com o Instituto Cultural BDMG, e apoio do P7 Criativo.¬†

O Col√≥quio ir√° colocar em discuss√£o o Relat√≥rio Final do Semin√°rio do Plano Estadual da Economia Criativa em Minas Gerais, que cont√©m an√°lises sobre a situa√ß√£o de dez segmentos da Economia Criativa de Minas Gerais e diretrizes que visam auxiliar tanto os agentes econ√īmicos, que poder√£o estabelecer com mais seguran√ßa suas estrat√©gias, quanto o governo estadual, no planejamento de pol√≠ticas p√ļblicas para o setor.¬†

O evento ser√° subdividido em tr√™s momentos: apresenta√ß√£o do relat√≥rio pela equipe da FJP; an√°lise cr√≠tica dos professores C√©lio Campolina (UFMG) e Marco Acco (Universidade Federal da Para√≠ba); e debate com o p√ļblico.¬†

Economia Criativa - A Economia Criativa é composta pela cadeia produtiva (ciclos de criação, produção e distribuição) de bens e serviços que têm como ponto de partida a criatividade e o capital intelectual, fatores agregadores de valor, elemento central da formação de preços, resultando em riqueza material e simbólica. 

Os segmentos que comp√Ķem o setor s√£o Artes do Espet√°culo (teatro, circo e dan√ßa); Artes Visuais e Digitais; Design; Edi√ß√£o de Livros; Gastronomia; M√≠dias Audiovisuais; Moda; M√ļsica; Softwares, Aplicativos e Jogos Eletr√īnicos; Patrim√īnio e Express√Ķes Culturais (incluindo artesanato).¬†

De acordo com Bernardo Mata Machado, diretor de Cultura, Turismo e Economia Criativa da Fundação João Pinheiro, o campo da economia criativa envolve componentes intangíveis, como os saberes populares, os conhecimentos científicos, a inovação tecnológica e a construção de identidades coletivas (étnicas, de gênero, e de pertencimento local e regional). 

‚ÄúAs caracter√≠sticas principais dos bens criativos s√£o a singularidade e a originalidade, incluindo uma gama de produtos e servi√ßos que v√£o desde as obras de arte e os lugares de valor hist√≥rico, at√© os produtos que s√£o pr√≥prios de uma regi√£o, como, por exemplo, aqueles que comp√Ķem a cultura alimentar‚ÄĚ, explica.¬†

Relatório - Os levantamentos têm como maior desafio conhecer de forma aprofundada as diversas cadeias produtivas, identificando necessidades de infraestrutura, tecnologias, meios de distribuição, comercialização, gestão, financiamento e marcos legais, a fim de alavancar o desenvolvimento dos empreendimentos criativos no estado. 

Após a conclusão desse trabalho, a Fundação João Pinheiro pretende implantar o Observatório da Economia Criativa de Minas Gerais, que irá acompanhar e monitorar, por meio de estudos continuados, o desempenho dos segmentos. 

‚ÄúNo mundo atual, em que o processo de globaliza√ß√£o gerou uma estandardiza√ß√£o global de bens e servi√ßos, aqueles que s√£o singulares e resultam da criatividade de pessoas, povos e comunidades, tendem a se valorizar‚ÄĚ, afirma Machado. ‚ÄúO objetivo da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro √© justamente mostrar o potencial dessa economia para o desenvolvimento do estado de Minas Gerais‚ÄĚ, completa.¬†

De acordo com o diretor, a Fundação João Pinheiro está se propondo a realizar levantamentos de dados quantitativos e qualitativos sobre os diversos segmentos dessa economia. 

‚ÄúDe fato, a car√™ncia de informa√ß√£o foi o principal problema identificado pelos setores que se reuniram no Semin√°rio de 2016, e suprir essa lacuna passa a ser o objetivo principal da Diretoria de Cultura, Turismo e Economia Criativa da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro‚ÄĚ, conclui. ¬†

 

 

Colóquio Devolutivo do Seminário Plano Estadual da Economia Criativa

Data: 24 de abril | 2018

Hor√°rio: 18h

Local: Auditório do BDMG [Rua da Bahia, 1.600, Lourdes]

Programa√ß√£o e inscri√ß√Ķes: http://www.fjp.mg.gov.br/index.php/coloquio-devolutivo

 

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  |  www.fjp.mg.gov.br

Informa√ß√Ķes para a imprensa: 3448-9561

 

Siga a FJP no Twitter: https://twitter.com/_fjp_

Acompanhe a FJP no Facebook: http://www.facebook.com/fjpoficial